Analisando qualidade de código com Análise Estática e Linters – Weverton Timoteo

Analisando qualidade de código com Análise Estática e Linters - Weverton Timoteo

Só verificar se o build está verde para saber que a sua entrega tem qualidade é suficiente? Além de packages, alguns serviços vêm surgindo se propondo a monitorar a “qualidade” do software, não confiando apenas em testes automatizados. Como se define qualidade? O que torna um código “bom”?

Mais um fã de JRPG que curte estudar programação funcional e desenvolvimento de jogos. Sou co-organizador do RubyFloripa (https://ruby.floripa.br), onde de vez em quando também palestro sobre alguns assuntos relacionados à Ruby e Elixir (https://www.slideshare.net/wevtimoteo). Adoro fazer live coding e guiar sessões de workshop, ensinando e aprendendo algo novo. Atualmente sou CTO no Ebert (https://ebertapp.io) um SaaS que traz indicadores de qualidade de código e performance para times de desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *