Serverless: Fazendo Sentido com um Paradoxo de Cloud – Bruno Borges

Serverless: Fazendo Sentido com um Paradoxo de Cloud - Bruno Borges

“Serverless” pode ter diversos significados. Mas independente do que qualquer um diga, uma coisa é certa: existem servidores por trás disso. Entender quando, como e por quê adotar tecnologias serverless é o principal objetivo desta palestra. Para isso, observaremos os três pilares: event-driven, micro-billing, self-scaling abstract infrastructure, e complementaremos o entendimento com a distinção da experiência dos desenvolvedores e como isso impacta positivamente a produtividade deles. Por fim, analisaremos alguns padrões arquiteturais que podem ajudar na adoção inicial da tecnologia e também em projetos e sistemas existentes.

Bruno Borges lidera o time de developer advocates para Java na divisão de Developer Relations e Advocacy do Microsoft Azure, membro de longa data da comunidade Java com contribuições em projetos open source da Apache, JavaFX e outros, e anteriormente parte do time de Gestão de Produto para Java EE e Developer Relations de Cloud da Oracle. Veja mais em https://brunoborges.io

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *