Blocos Econômicos

Resolução de Questões de Concursos Anteriores

MPE-PI – Cargos de Nível Superior – 2012 – CESPE

Para que haja mudanças nos tratados da UE, é necessária a aprovação unânime dos Estados que a integram.

Certo ou Errado?

RESPOSTA: Certo

Alteração do Tratado: A alteração do tratado requer a aprovação unânime do bloco de 27 nações.

MPE-PI – Cargos de Nível Superior – 2012 – CESPE

Com o intuito de sair da presente crise e assegurar o valor de sua moeda a UE adotou medidas para impedir que se repita, por exemplo, o que aconteceu com a Grécia, cujo déficit expandiu-se exageradamente, gerando uma dívida impagável.

Certo ou Errado?

RESPOSTA: Certo

Essas medidas podem ser chamadas de (mediadas de austeridade).

MPE-PI – Cargos de Nível Superior – 2012 – CESPE

As medidas adotadas pela UE assemelham-se a uma decisão brasileira que se mostrou decisiva para o equilíbrio orçamentário e o controle das contas públicas: a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Certo ou Errado?

RESPOSTA: Certo

Ou seja, medidas de austeridade fiscal.

MPE-PI – Cargos de Nível Superior – 2012 – CESPE

O longo e difícil processo de construção histórica da UE teve início no pós-Segunda Guerra Mundial e busca, entre outros objetivos, superar as divergências que levaram tantas vezes o Velho Mundo a diversas guerras e oferecer ao bloco continental condições de inserir-se vantajosamente na atual ordem econômica global.

Certo ou Errado?

RESPOSTA: Certo

Durante séculos, a Europa se deparou com diversas e frequentes guerras das quais resultaram significativas perdas humanas. Os diversos povos europeus, apesar de suas diferenças, por tendência natural ou por desejo dos conquistadores da época sempre tentaram a unificação.

Com a necessidade de buscar a paz e a unificação entre países, a ideia de criar uma organização regional europeia é antiga, contudo esta ideia só se materializou depois da segunda guerra mundial.

Desde 1929, Aristides Briand propôs a criação de uma União Europeia; Hitler, igualmente, queria uma Europa unificada sob hegemonia do IIIº Reich da Itália e nos moldes da Pax Romana. Napoleão e Hitler tentaram conquistá-la pela força, mas nos tempos modernos ela se une pela necessidade e pelo bom senso. Finda a guerra, W. Churchill tornar-se-ia o maior defensor da ideia.

Churchill, em discurso pronunciado em Zurique, em 19 de setembro de 1946, advogou a reconciliação entre a França e a Alemanha dentro de uma espécie de Estados Unidos da Europa.

O Plano Marshall, apresentado na Universidade de Harvard, em 5 de junho de 1947, contribuiu decisivamente para a concretização da ideia. Nessa tônica, os Estados Unidos, através do Plano Marshall (nome do então Secretário de Estado), ofereceram ajuda financeira para reconstrução da economia europeia.

Por conseguinte, com a criação da Organização Europeia de Cooperação Econômica, a Europa, utilizando os vastos recursos postos à sua disposição, conseguiu reconstituir-se rapidamente ingressando numa era de prosperidade.

Com o Tratado de Bruxelas de 1948, a necessidade de defesa ditou as regras iniciais que institui uma organização composta da Grã-Bretanha, França, Bélgica, Holanda e Luxemburgo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *