Caso “Carrier IQ”: Estariam as operadores de telefonia nos espionando?

Carrier IQ, uma ferramenta de diagnóstico instalado em milhões de smartphones em todo o mundo, está coletando um monte de informações sobre as atividades dos usuários de smartphones – possivelmente até mesmo as teclas digitadas, conteúdo de mensagens SMS e muito mais.

Este aplicativo está presente em quase todos os dispositivos Android (Galaxy Nexus, Nexus S ou o Xoom da Motorola são algumas das exceções). O mesmo aplicativo também está presente em dispositivos iOS, mas aparentemente só ficam ativos quando o aparelho funciona no modo de diagnóstico.

Este é um resumo do que vem se tornando, cada vez mais, uma história muito complicada e com enormes implicações para a privacidade do usuário.

Oficialmente o Carrier IQ é uma ferramenta cujo objetivo principal é gravar informações diversas de um dispositivo para ajudar as operadoras de telefonia a melhor a qualidade dos seus serviços oferecidos aos seus clientes.

Em outubro, o pesquisador Trevor Eckhart descobriu que o aplicativo é responsavel pela gravação, entre outras coisas, de cada tecla pressionada e, possivelmente enviar estas informações para os os servidores da empresa. A empresa Carrier IQ respondeu enviando ao pesquisador uma carta de cease & desist (algo tipo, desista ou te processarei) e uma alerta afirmando não ser responsável por “gravar informações dos usuários” ou monitor os mesmos.

Esta semana, Eckhart publicou o video mostrando evidências de que as informações estão realmente sendo gravadas. Porém, o video não consegue provar que as informações estão sendo enviadas para terceiros. O dispositivo utilizado para a demonstração foi um HTC EVO 3D.

Mesmo não sendo provado o envio das informações, é desconcertante saber que seus dados estão sendo gravados e empacotados para um futuro envio, e sabe-se lá com quais interesses.

O aplicativo Carrier IQ está presente na maioria dos dispositivos Android, BlackBerry e symbian. Referências ao aplicativo também foram encontrados em dispositivos iOS, mas de acordo com o pesquisador de segurança “chpwn”, ele está desativado por padrão, e só funciona quando o telefone está em modo de diagnóstico.

Esse evento nos faz lembrar do escândalo de rastreamento do IPhone que foi a público em Abril de 2011, quando foi descoberto que o dispositivo armzenava informações de seu GPS. Steve Jobs, em seguida disse a famosa frase – em um e-mail de resposta a uma pergunta de um cliente – que a Apple não estava rastreando a localização de seus usuários, mas o Android estava rastreando todo mundo. A autenticidade de tais e-mails tem sido muitas vezes questionada, mas quem enviou essa mensagem poderia realmente estar certo.

Muitas perguntas ainda estão sem resposta. Nós não sabemos o que o Carrier QI está fazendo com os dados que coleta. Não sabemos a natureza do negócio entre a Carrier QI e – aparentemente – a maioria das companhias de telefonia celular do mundo, já que quase todos os dispositivos vendidos com contratos com as operadoras vem com este aplicativo instalado. Mas vamos mantê-los atualizados do desenrolar desta história.

Traduzido de Mashable.com

Atualização – Segundo o pessoal do Olhar Digital:

“Vale citar: atualmente, temos três aplicativos que são capazes de descobrir se o seu smartphone possui o Carrier IQ instalado. O Logging Test App, para Android, é o mais conhecido, pois oferece tanto a função de identificação quanto a de remoção. O Voodoo Carrier IQ Detector apenas localiza a posição do famigerado software em seu aparelho – função esta também exercida pelo Carrier IQ Detector”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *