Escalabilidade

Quem já desenvolveu aplicativos que são utilizados por uma grande quantidade de usuários com certeza já teve algum problema relacionado com Escalabilidade: Servidor fora do ar, Banco de dados sobrecarregado, etc.

O objetivo deste artigo é compilar uma série de dicas que permitam que seu aplicativo possa escalar sem maiores porblemas. Portanto, este artigo estará em constante atualização de acordo com que novas informações sejam encontradas.

Dicas:

01 – Evite a utilização de aplicativos que realizem Mapeamento Objeto-Relacional (Lumine, Doctrine, Kohana, etc.), eles podem otimizar o tempo para o desenvolvimento. Mas além de tornar a manutenção mais difícil, ele utiliza consultas SQL Complexas que utilizarão mais recursos do servidor de banco de dados, além de gerar arquivos de manutenção e otimização mais complexa. O desenvolvimento manual desta camada pode ser mais demorada, mas você terá o controle total de como otimizá-la ou dar manutenção.

02 – Evite a utilização de Frameworks em geral (CakePHP, etc.), pelo mesmo motivo do item acima: poderá otimizar o tempo de desenvolvimento, mas na maioria das vezes são uma caixa-preta que você terá dificuldade para dar manutenção ou otimizá-lo.

03 – Ao desenvolver funcionalidades em sua aplicação, permita que as mesmas possam ser desabilitadas através de um Flag. Em caso de sobrecarga do seu servidor, você poderá permitir que apenas as funções essenciais permaneçam disponíveis a seus usuários, ajudando a reduzir a carga.

04 – Cache: sempre utilize!

Tem mais dicas? Deixe nos comentários!

Natural de Salvador-BA, é graduado em Analise de Sistemas pela Universidade Católica do Salvador (UCSal, 2003), e Especialista em Engenharia de Software pela Universidade Salvador (2010).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *